Entenda tudo sobre decks e fundos de pranchas de surf

Para dar uma força na sua teoria de surf, preparamos algumas explicações sobre decks, aquela parte no fim da prancha que na maioria das vezes é emborrachada. Além dos decks, vamos falar de fundos de pranchas, entre os modelos mais usados: concave, double concave, flat ou v-bottom. Leia os detalhes de cada uma e vá fazer a cabeça dentro d’água!

Deck

O deck é a parte em que pisamos no final da prancha e dois modelos são os mais comuns: dommie deck e flat deck. Para diferencia-los você pode se basear no tamanho, dimensões da prancha e pelo desenho da nave.
02 Quiksilver Brasil Guia de Pranchas Decks e Fundos

Foto: Bosko
 

Dommie: É uma boa solução para surfistas mais pesados, devido às longas curvas. Este tipo de deck proporciona menos volume à borda da prancha de surf – o que facilita o movimento, deixando-a sensível e mais flexível, mantendo o mesmo nível de flutuação.

Flat: O deck flat quase que acompanha o desenho da prancha: é mais reto, com volume em direção as bordas. Aconselhável para surfistas mais experientes, com maior domínio sobre a prancha.
 

03 Quiksilver Brasil Guia de Pranchas Decks e Fundos


Fundo da prancha

 

O bottom é capaz de grandes variações na parte de baixo das pranchas. Os mais usados são os modelos de flat e v-bottom, e além destes dois, vamos falar também dos côncavos e convexos. O fundo da sua nave é realmente muito importante no desemprenho e na evolução do seu surf.

 04 Quiksilver Brasil Guia de Pranchas Decks e Fundos

 

Concave: Procurado pelos surfistas mais experientes e insanos, que vivem atrás de ondas em alta velocidade. Pode ser aplicado em toda extensão da prancha (full concave), só no meio (concave) ou ainda só na rabeta (tail concave).

 

Double concave: Ao invés de um, dois pequenos côncavos paralelos, direcionados do meio para a parte de fora da prancha. Pode ser pedido com todos os tipos de fundo, libera a rabeta e a deixa menos direcional.

 

Flat: Tem o fundo inteiro reto, de ponta a ponta. É considerado o mais normal e o que menos faz diferença na performance da prancha, adaptando-se a qualquer uma. Proporciona equilíbrio lateral, sustentação e boa flutuação.

 

V-Bottom: Usado por surfistas mais experientes, na tentativa desacelerar ondas fortes e pesadas. Normalmente usado entre as quilhas, auxilia na troca de borda para borda.

 

05 Quiksilver Brasil Guia de Pranchas Decks e Fundos

 

Curtiram essas dicas? Dependendo das condições do mar, do tamanho das séries e ainda da qualidade do surfista, é possível escolher o jeito perfeito da sua prancha pra você. Continue ligado nas próximas dicas, que serão sobre bordas e outline – o desenho da prancha feito pelo shapper.

 

FONTE: Guia de pranchas Fluir 2014/15 | quiksilver.com.br/blog/surf

Foto de destaque: Timo

By adesse Surfing 0 Comments

0 Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado.